11 de agosto de 2014

A Rosa

Era uma vez, um jardim encantado onde só entrava quem recebia permissão
Esse jardim cheio de flores se chamava coração.
Lá havia um tipo especial de flor, uma rosa alaranjada,
Ela amava todas as flores e por todas era amada.

Um rapaz mal intencionado, percebeu que a flor era especial 
E na calada da noite, sorrateiramente invadiu o roseiral.
Ele queria que a rosa embelezasse seu paletó,
Mal sabia que a rosa laranja por ele só sentia dó.

Ele a arrancou de seu solo fértil e pra longe a levou
A rosa murcha de tristeza aos poucos se fechou.
Aquela pequena flor que brilhava para quem a sorria
Agora a cabeça abaixava e chorando todos os dias vivia

Suas pétalas desbotadas já não embelezavam o terno do moço
Ele então arrancou pétala por pétala e as jogou no fundo do poço.
A pequena rosa que antes foi bonita e perfumada
Agora era história, lembrança de outra vida, uma vida em que foi amada.

O rapaz nunca mais roubaria de um jardim outra flor
Aquela rosa não podia ser colhida, devia ser plantada, ela se chamava amor.

Com o caule morto da rosa já despedaçada, o homem se deu a chorar.
Suas lágrimas e as poucas sementes do caule, fizeram no solo uma nova flor brotar.

E de algo que não deu certo, machucou e virou pó 
Surgiu uma nova roseira, bonita como só.
O amor agora foi cultivado com amor
E o homem aprendeu que só assim a vida floresce e só assim a vida dá flor.


Mariana Siqueira

7 comentários:

  1. Enquanto procurava, pela internet, poemas diversos de autores brasileiros me deparei com esse poema de autora até então desconhecida... Desconhecida??? Talvez, por mim... Sou professora e, apreciadora embriagada da arte em geral, fiquei encantada com as obras postadas nesse blog de sua autoria, Mariana Siqueira!!!! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguir no twitter @poema_danet

      Excluir
  2. Pouco de poesia sei, mas dos poemas que já vi este foi um dos meus favoritos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguir no twitter @poema_danet

      Excluir
  3. Gostei do poema ! convido todos a visitarem este blog
    http://palavrasdecertosdilemasoficial.blogspot.com.br/2016/04/escolhas.html - não iram se arrenpender , poema lindo e tocante como este .

    ResponderExcluir

Deixe seu recado, opinião, comentário ou sugestão. Prometo lê-las com carinho ;* mil beijos. Obrigada por visitar meu blog =)