31 de maio de 2017

Te perdi, meu coração...

Escondi meu coração tão bem que eu mesma não o conseguia encontrar.
Mas você apareceu, um sorriso amigo, e se ofereceu para me ajudar.
Galanteador, exatamente como eu me lembrava, você sorriu pra mim.
E meu tolo e recém-encontrado coração caminhava para seu fim.

Suas covinhas tão sedutoras quanto suas mentiras me conquistaram
E eu acreditei que você realmente era o príncipe de que me falaram.
Na verdade, você não passava do mais cruel e vil dos caçadores.
Disposto a roubar sonhos, desejos, sorrisos e, principalmente, amores.

Agora eu me escondo do mundo e fujo de toda a dor que possa existir.
Por que você tinha de ser a única pessoa capaz de me fazer sorrir?
Minhas olheiras fundas devem mostrar o quanto eu tenho chorado.
Mas nada disso revela a dor de te querer e não te ter ao meu lado.

Mariana Siqueira

Um comentário:

  1. Não há dor que o tempo não cure,se eu pudesse até dividiria esse sofrimento ctg, mas faz parte da vida vc ter que passar por essa experiência.

    ResponderExcluir

Deixe seu recado, opinião, comentário ou sugestão. Prometo lê-las com carinho ;* mil beijos. Obrigada por visitar meu blog =)